Década de 1960


Por englobar faculdades em outros municípios, foi escolhido o nome de Universidade Católica Sul-RioGrandense de Pelotas. Cerca de dois anos mais tarde, com a desvinculação de unidades, acabou simplificado para Universidade Católica de Pelotas. As faculdades criadas por Dom Antônio foram contribuições imprescindíveis para a formação da Universidade de Rio Grande e Fundação Universitária de Bagé. Em menos de três anos da sua fundação, o curso de Medicina (1963), antiga aspiração da sociedade, saia do papel. Até a década de 1970, a Católica cresceu de forma acelerada, com os novos cursos de Serviço Social e Ciências Contábeis (1962), Administração e Engenharia Civil (1968). Recebeu ainda o presidente Marechal Arthur Costa e Silva para aula inaugural em 1968.