Década de 50


Na década de 1950, somadas às cidades vizinhas, moravam na região mais de um milhão de habitantes, ainda com muito pouco acesso ao ensino superior. Os novos tempos exigiam profissionais com conhecimento para a promoção do tão sonhado progresso. Junto a isso, a grande necessidade de formar professores para atuação em escolas do ensino fundamental e médio.

Foi nesse cenário, mais precisamente no ano de 1953, que Dom Antônio criava a Faculdade Católica de Filosofia, voltada à formação do magistério de nível fundamental e médio. Dela, junto à associação de outras faculdades, incluindo as das cidades de Rio Grande e Bagé, nascia, em 7 de outubro de 1960, a Universidade Católica Sul-Rio-Grandense de Pelotas, a primeira localizada no interior do Rio Grande do Sul, e a terceira do estado.